Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - terça-feira, 5 de julho de 2022

Em 20 dias, Sete Lagoas - a 78 quilômetros de Belo Horizonte - registrou terceiro tremor de terra. Foi na noite desta sexta-feira 20 de maio

Sábado 21/05/22 - 8h03

Jornal O Tempo, de BH:


Moradores relatam tremor de terra em Sete Lagoas, o terceiro em 20 dias

Apesar dos alertas da população, nenhum órgão oficial que faz os registros sismológicos em solo nacional confirmou a ocorrência
José Vítor Camilo

Moradores de Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais, voltaram a relatar um tremor de terra na noite desta sexta-feira (20). Este seria o terceiro registro na cidade em um intervalo de apenas 20 dias. Apesar dos alertas da população, nenhum órgão oficial que faz os registros sismológicos em solo nacional confirmou a ocorrência.

"Outro terremoto em Sete Lagoas, dessa vez nem assustei, tô acostumada", disse uma moradora nas redes sociais. "Muito estranho e preocupante esses frequentes tremores de terra em Sete Lagoas", pontuou outra. "Tá muito estranho esse trem, três tremores em menos de um mês, sendo 2 com diferença de 5 dias. Seilá, estou com medo de Sete Lagoas estar afundando", brincou um jovem.

Na última segunda-feira (16), segundo registro do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UNB), a cidade, que fica a cerca de 80 km de Belo Horizonte, registrou um tremo de magnitude 2,6 na escala Richter. A terra tremeu, segundo o órgão, por volta das 23h15.

Já no dia 29 de abril o observatório registrou um tremor de magnitude 3, que é considerado pequeno na escala Richter e é comparado às vibrações causadas pela passagem de um veículo grande e pesado. Na ocasião, não houve acionamento dos bombeiros ou da Polícia Militar, além de não ter registros de qualquer tipo de dano consequente.

Deputado pede avaliação sobre fenômenos
Após a repercussão do assunto nas redes sociais, que chegou a colocar Sete Lagoas entre os assuntos mais falados do Twitter nesta sexta, o deputado estadual Douglas Melo (PSD) informou ter protocolado, na última segunda, um documento solicitando uma avaliação sobre os tremores.

"Informo que protocolei na última segunda-feira, na Chefia de Gabinete Militar do Governador e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, um documento solicitando que seja avaliado os motivos e riscos dos tremores de terra que estão ocorrendo em Sete Lagoas", disse o parlamentar em suas redes sociais.


***

Jornal Estado de Minas:

Moradores de Sete Lagoas relatam terceiro tremor de terra em um mês

Novo susto foi sentido no início da noite desta sexta-feira (20/5)

Patrick Vaz

Pela terceira vez em um mês, os moradores de Sete Lagoas, na Região Central de Minas, foram surpreendidos por um tremor de terra. O abalo foi sentido em vários pontos da cidade por volta das 19h40 desta sexta-feira (20/5).

As causas ainda não foram esclarecidas e não há registro de danos ou vítimas. Nenhum órgão oficial ainda confirmou a informação.

O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) já havia confirmado outros dois pequenos tremores nos dias 29 de abril e 15 de maio. O primeiro foi de magnitude 3 e o segundo de magnitude 2,6 na escala Richter.

Nas redes sociais, o assunto ganhou rápida repercussão. "Mano Sete Lagoas teve tremor de terra duas vezes só nesse mês , até quando vamos viver com a terra tremendo ? Virou Japão ?", disse @Leonardo_tsouza.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais